Tinnitus

Tinnitus

quinta-feira, 1 de julho de 2021

Um ano depois: uma revisão sistemática atualizada de SARS-CoV-2, COVID-19 e sintomas audiovestibulares

Na revisão sobre sarscov2 e sintomas audio vestibulares, realizada pela Universidade de Manchester e publicado no International Journal of Audiology, foi determinada uma prevalência dos sintomas de 7,6% de perda auditiva, 14.8 porcento de tinnitus e 7.2 porcento de vertigem rotatória nos pacientes dom sintomas de SSARS-CoV-2. Entretanto, isso pode ser um cálculo superestimado porque não está sempre claro que os estudos reportam uma incremento nos sintomas. Como conclusão temos que existem múltiplos relatos de sintomas audio vestibulares associados com covid-19, entretanto temos uma baixa quantidade de estudos de alta qualidade comparando pacientes de covid-19 e casos controle, ate o momento. Na prática clínica, no nosso consultório em Curitiba, temos recebido pacientes com queixas audiovestibulares imediatamente após a infecção por SARS-CoV-2, fato que nos deixa alertas quanto a essa possibilidade, inclusive em possíveis casos subclínicos quase assintomáticos de infecção por Covid-19, gerando estes sintomas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário